Salário mínimo será de R$ 1.212, indica integrante da equipe econômica

O novo valor, assim, será R$ 112 acima do atual salário mínimo e maior que o previsto no Orçamento

Trabalhadores levantam suas Carteiras de Trabalho em protesto contra o desemprego
(Foto: Pixabay)

O valor do salário mínimo a partir de 1º de janeiro de 2022 será de R$ 1.212, de acordo com integrantes da equipe econômica do governo. O novo valor, assim, será R$ 112 acima do atual salário mínimo e maior que o previsto no Orçamento.

Na proposta original enviada ao Congresso em agosto, o governo projetou o valordo piso salarial em R$ 1.169, mas a inflação acelerou no segundo semestre com a alta nas contas de luz e nos preços dos combustíveis. Na semana passada, o Congresso aprovou a proposta orçamentária de 2022 com previsão de R$ 1.210 para o salário mínimo.

No aumento, o governo aplicou a previsão de alta de 10,02% para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para este ano, que serve de base para a correção do piso nacional. Isso significa que, pelo segundo ano consecutivo, não haverá ganho real para o salário mínimo, mas apenas a reposição da inflação.

O novo valor constará de uma medida provisória (MP), que deverá ser publicada noDiário Oficial da União nessa sexta-feira. A MP entra em vigor imediatamente, mas terá que ser aprovada pelo Congresso Nacional.

O valor definitivo está sendo anunciado agora porque o governo aguardava mais informações para fechar a previsão para o INPC de dezembro deste ano. O IBGE só deverá anunciar o INPC fechado de 2021 no início de janeiro.

Caso haja alguma defasagem, o governo fará a correção quando for anunciar a nova previsão do salário mínimo de 2023. O governo não pode esperar porque muitas empresas precisam acertar as contas dos trabalhadores a partir de 1º de janeiro. Já para corrigir o valor dos benefícios do INSS, será utilizado o INPC consolidado. O percentual precisa ser definido pelo IBGE até 12 de janeiro para que tenha tempo hábil para rodar a folha.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 07h26
Freio na economia chinesa deve fazer Brasil crescer menos

Analistas projetam expansão menor em 2023 e inflação global maior, também devido à guerra na Ucrânia e à alta de juros nos EUA

Valor Econômico Atualizado em 16.maio.2022 às 20h10
Magazine Luiza reverte lucro e tem prejuízo de R$ 161,3 milhões no primeiro trimestre

Rede afirma que o resultado reflete o aumento de despesas financeiras no período

Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 12h23
Sondagem da XP vê inflação no fim de 2022 maior do que projeção do último Focus

Divulgação do relatório do Banco Central está paralisada por causa da greve dos servidores

Manhã Inteligente Publicado em 16.maio.2022 às 10h50
Greve no Banco Central, dados econômicos de Brasil e EUA, novo índice agro na B3

Isabela Carvalho e Victor Vietti comentam esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos