Taxa de hash do bitcoin atinge máxima histórica

O indicador se recuperou totalmente de uma queda em 2021

Bitcoin
Foto: Pixabay

A taxa de hash – que mede o poder computacional – do bitcoin atingiu máxima histórica na noite deste domingo (02). De acordo com o site especializado Coindesk, a métrica se recuperou totalmente após uma queda em meados de 2021, quando as autoridades chinesas iniciaram uma repressão à indústria de criptomoedas.

Conforme o site, a chamada “hashrate” se refere à quantidade de poder computacional usado por mineradores dedicados à cunhagem de novos bitcoins e verificação de novas transações na rede bitcoin. Milhões de cálculos são resolvidos a cada segundo para “ganhar” novos blocos, em um processo conhecido como mineração. Hashrates mais altos significam uma rede mais forte e segura.

A repressão chinesa aos mineiros locais fez as taxas de hash de bitcoin despencarem para 61 exahashes (um quintilhão de hashes) por segundo em junho de 2021, de mais de 190 exahashes por segundo em abril de 2021.

Segundo o Coindesk, os dados da época estimavam que mais de 46% da capacidade de computação necessária do bitcoin era fornecida por mineiros chineses e, desde então, a proibição levou a um êxodo de mineiros chineses para outras regiões, como Cazaquistão, Irã e Estados Unidos.

No entanto, a taxa de hash de bitcoin foi se recuperando e aumentou para 203,5 exahashes neste domingo (02), ultrapassando os níveis de abril de 2021.

Os hashrates de bitcoin estavam em 189 exahashes por segundo na manhã desta segunda-feira (03), ainda conforme o CoinDesk.


Você também pode gostar
Valor Econômico Atualizado em 15.maio.2022 às 07h37
Caso Terra aumenta preocupação de reguladores com ‘stablecoins’

Episódio ampliou temor com o risco de contágio entre setor, que movimenta de US$ 180 bi, e mercados tradicionais

Manhã Inteligente Publicado em 13.maio.2022 às 11h41
Fuga dos estrangeiros na B3, queda das criptomoedas, previsão do PIB

O Manhã Inteligente desta sexta (13), fala sobre a debandada de investidores estrangeiros da B3, a melhora na projeção do PIB e a queda generalizada das criptomoedas

Redação IF Publicado em 13.maio.2022 às 10h50
Bitcoin se recupera e volta a valer mais de US$ 30 mil

Melhora nesta sexta vem após abalo no mercado de criptomoedas

Diogo Rodriguez Atualizado em 09.maio.2022 às 17h06
O que dá para comprar com criptomoedas?

Hoje em dia, é possível comprar comida e ingressos para o cinema com as moedas digitais

Redação IF Atualizado em 09.maio.2022 às 07h08
Bitcoin atinge menor preço desde janeiro

Veja o que derruba a principal criptomoeda do mercado

Manhã Inteligente Publicado em 28.abr.2022 às 11h49 Duração 15 min.
Ganhos de mineração e siderurgia, regulação de criptomoedas no Brasil, PIB dos EUA

No Manhã Inteligente desta quinta (28), Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os setores de mineração e siderurgia, a regulação das criptomoedas no Brasil e o PIB dos EUA