XP entra na portabilidade de ativos digitais de olho em tokens nas exchanges criptonativos

A XP informou que a portabilidade será disponibilizada em fases para os clientes elegíveis, ao longo de 2023

A Xtage, plataforma de ativos digitais da XP, pretende estimular os clientes a fazerem portabilidade para trazer tokens negociados em corretoras concorrentes, em sua maioria criptonativas.

A plataforma lançou um projeto piloto que permite a portabilidade de criptoativos, inicialmente disponível para um grupo de colaboradores. Futuramente, a plataforma deve permitir a funcionalidade para grupos de clientes.

“A ideia é validar a tecnologia e a experiência por trás dessa novidade para expandir aos clientes, de modo que eles possam trazer, inicialmente, bitcoin (BTC) e ether (ETH) para a Xtage”, afirmou a XP em nota.

Segundo a XP, a nova funcionalidade atende a uma demanda dos clientes. Entre aqueles que já possuem criptoativos, 88% gostariam de ter os tokens na XP, segundo pesquisa interna.

A XP informou que a portabilidade será disponibilizada em fases para os clientes elegíveis, ao longo de 2023.

Em janeiro, a plataforma deu início à negociação de mais três criptoativos: ADA (Cardano), LTC (Litecoin) e SOL (Solana). Eles complementam o portfólio que já contava com bitcoin, ether, link e matic.