Zona do euro: CPI sobe 7,0% na comparação anual de abril; conforme expectativa do mercado

Embora a taxa básica de inflação tenha subido, o núcleo da inflação desacelerou ligeiramente para 5,6% em abril, de 5,7% em março

O índice de preços ao consumidor da zona do euro aumentou 7,0% em abril no ano, de uma alta de 6,9% em março, mostraram dados finais da agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, nesta quarta-feira (17), correspondendo à previsão de 7,0% dos economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”.

Embora a taxa básica de inflação tenha subido, o núcleo da inflação – que exclui as categorias mais voláteis de alimentos e energia – desacelerou ligeiramente para 5,6% em abril, de 5,7% em março, também em linha com as previsões de consenso.

Em abril, a maior contribuição para a taxa de inflação anual da zona do euro veio de alimentação, álcool e tabaco (+2,75 pontos percentuais, pp), seguindo-se os serviços (+2,21 pp), os bens industriais não energéticos (+1,62 pp) e a energia (+0,38 pp).

Na comparação mensal, o CPI avançou 0,6%, desacelerando dos 0,9% de março e abaixo do consenso de +0,7%.