Ultrapar (UGPA3) registra lucro líquido de R$ 274 milhões no 1º tri, queda anual de 41%

De janeiro a março deste ano, a receita líquida atingiu R$ 30,5 bilhões, um recuo de 10% em relação ao valor reportado nos primeiros três meses de 2022

A Ultrapar, controladora da Ipiranga, da Ultragaz e da Ultracargo, registrou lucro líquido de R$ 274 milhões no primeiro trimestre de 2023, queda de 41% em comparação com o mesmo período do ano passado.

De janeiro a março deste ano, a receita líquida atingiu R$ 30,5 bilhões, um recuo de 10% em relação ao valor reportado nos primeiros três meses de 2022.

O lucro antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado caiu 18% em base anual, para R$ 1,08 bilhão no primeiro trimestre. O Ebitda ajustado das operações continuadas atingiu R$ 540 milhões, valor 9% menor que o registrado de janeiro a março de 2022.

Nos primeiros três meses de 2023, a empresa reportou dívida líquida de R$ 8,26 bilhões, contra R$ 13,42 bilhões em igual intervalo de 2022. A alavancagem, medida pela razão entre a dívida líquida e o Ebitda de 12 meses, ficou em 2 vezes, 1,1 ponto abaixo da alavancagem de 3,1 vezes do ano anterior.