Tupperware desaba quase 50% no ano com dúvidas sobre continuidade dos negócios

A fabricante de utensílios domésticos contratou assessores financeiros para ajudá-la a tentar buscar investidores

As ações da Tupperware Brands caíram mais de 40%, na mínima de três anos, no início do pregão de segunda-feira, depois de a fabricante de potes plásticos para alimentos ter alertado que pode não ter liquidez suficiente no curto prazo, levantando dúvidas sobre sua continuidade operacional.

A empresa de Orlando, Flórida, disse que contratou consultores financeiros para ajudar a garantir mais financiamento e que está em negociações com potenciais investidores ou fontes de financiamento.

A Tupperware disse que, se não conseguir obter financiamento adicional, não terá liquidez suficiente para financiar suas operações e cumprir suas obrigações sob seu atual plano de negócios, forçando-a a reduzir os gastos a um nível sustentável atrasando, reduzindo ou eliminando alguns ou todos os seus investimentos em andamento ou planejados.

Isso teria um efeito adverso relevante nos negócios da empresa e poderia forçá-la a interromper totalmente suas operações, disse a Tupperware em um documento enviado ao regulador do mercado de capitais americano (SEC) na sexta-feira.

A Tupperware lançou em 2020 um plano de reestruturação de três anos com o objetivo de proporcionar crescimento lucrativo a longo prazo.

Em maio passado, a empresa retirou sua projeção para 2022 depois de divulgar resultados decepcionantes no primeiro trimestre, citando um ambiente inflacionário em rápida mudança e volatilidade devido às mudanças fundamentais que estava fazendo em seus negócios.

A empresa continuou a divulgar resultados ruins e foi forçada a reapresentar as demonstrações anteriores, e recentemente não conseguiu entregar relatório anual de 2022 na SEC.

As ações da Tupperware eram negociadas nesta segunda-feira a US$ 1,43, queda de 41%, atingindo os menores níveis desde março de 2020, quando as ações chegaram na mínima histórica de US$ 1,15.

No ano, até a última semana, as ações da Tupperware acumulavam desvalorização de 41,5%. Nos últimos 12 meses, a queda é maior, chegando a 87,5%. No quarto trimestre, a companhia divulgou erros contábeis nos seus balanços.

Leia a seguir

Leia a seguir