PVBI11 anuncia segunda maior emissão de cotas da história para captar R$ 800 milhões

VBI Prime Properties anuncia nova emissão de cotas com valor inferior ao do mercado; PVBI11 vai usar recursos para reforçar caixa

O mercado de fundos imobiliários amanheceu aquecido nesta quarta-feira (31) com o anúncio da 6ª emissão de cotas do VBI Prime Properties, o PVBI11. A gestora, a VBI Real Estate, afirma que a oferta inicial da nova emissão de cotas será de R$ 800 milhões, a segunda maior já registrada na história do fundo de escritórios de alto padrão.

Em documento enviado à CVM, o fundo afirma que deve utilizar recursos da oferta, pelo menos R$ 50 milhões, para recomposição de caixa, que hoje representa 15% dos ativos totais do fundo. O PVBI contratou a XP Investimentos como coordenadora líder da oferta, com Itaú e Safra na linha de auxílio da VBI.

Novas cotas do VBI Prime Properties (PVBI11) valem R$ 100,36

A nova emissão do PVBI11 é aberta ao mercado, informou a VBI Real Estate. Isso significa que investidores podem aproveitar a oportunidade para entrar no FII de lajes corporativas ou encorpar a posição que já ocupam no fundo. Afinal, o direito de preferência da nova emissão prioriza investidores que mantenham cotas do PVBI11 na carteira em até três dias após o anúncio da 6ª emissão.

Com a nova oferta, a VBI afirma que a quantidade de novas cotas será de 7,9 milhões. O preço de emissão será de R$ 100,36, um decréscimo frente aos R$ 103,24 no preço à mercado da cota do PVBI11. Já o preço de subscrição da 6ª oferta de cotas é de R$ 102,73 de acordo com fato relevante da gestora.

O fundo, por enquanto, expressa uma ligeira alta no IFIX em 2024, de apenas 0,08%. Apesar da emissão de cotas, o fundo registra queda de 0,25% na bolsa de valores nesta quarta-feira.

VBI pode emitir lote adicional de novas cotas

O fundo informou cotistas que pode estender a oferta por meio de uma emissão adicional de novas cotas correspondente a 25% da emissão total. Ou seja, o PVBI11 cogita emitir mais 1,9 milhões de cotas, o equivalente ao valor de R$ 200 milhões acrescentados à oferta inicial.

Por fim, o fundo determinou o prazo de 180 dias para subscrição das cotas. O valor total da 6ª emissão de cotas do VBI Prime Properties é de R$ 4 bilhões.