Haddad indica Galípolo para diretoria de Política Monetária do Banco Central

Para a diretoria de fiscalização do BC foi indicado o nome de Aílton Aquino dos Santos, Auditor Chefe do BC

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou que Gabriel Galípolo, secretário-executivo do Ministério da Fazenda, é o indicado para assumir a diretoria de Política Monetária do Banco Central do Brasil.

Com a mudança, Dario Durigan irá substituir Galípolo na secretaria-executiva da Pasta.

A revelação foi feita aos jornalistas em um evento em São Paulo.

Diretoria de fiscalização

Para a diretoria de fiscalização do BC, foi indicado o nome do servidor Aílton Aquino dos Santos, atual Auditor Chefe da entidade, na qual trabalha há mais de 25 anos.

Os nomes serão submetidos ao Senado para avaliação e sabatina.

Indicação tem aval de RCN

Haddad afirmou aos jornalistas que a primeira sugestão de indicar Gabriel Galípolo ao BC teria vindo do atual presidente da autarquia, Roberto Campos Neto.

“Estávamos em uma reunião do G20 e o Roberto Campos Neto citou o nome dele para a diretoria, eu não queria abrir mão dele na Fazenda, mas foi o primeiro a dar esse nome”, apontou o ministro.