Petz lidera altas e Bradesco puxa Ibovespa para baixo; veja as melhores e piores ações da Bolsa

Em dia trágico para o Bradesco, a Petz liderou os ganhos entre empresas com volume na casa dos milhões; entenda os motivos

O Bradesco ajudou a puxar o índice de Bolsa de Valores para baixo nesta quarta-feira (9), quando suas ações preferenciais e ordinárias tiveram os piores resultados da sessão. O desempenho do banco refletiu o balanço divulgado pela empresa, com resultados aquém do esperado.

Analistas afirmaram que os números apresentaram surpresas negativas, principalmente relacionadas à qualidade dos ativos, margem com mercado, resultado de seguros e receitas de tarifas, o que causou impacto direto no resultado das ações do banco.

O presidente, Octavio de Lazari Junior, reconhece que o Bradesco tem sofrido mais que alguns concorrentes por conta da sua alta exposição às classes C, D e E, mais afetadas pela inflação e que têm sofrido com a inadimplência.

Na ponta positiva da Bolsa, destaque para a Petz, que teve a maior alta da bolsa entre as empresas de volume na casa dos milhões ou mais.

O BTG Pactual afirmou em relatório que a Petz registrou expansão saudável no terceiro trimestre de 2022, como esperado, com crescimento de 38% em vendas na comparação com o mesmo intervalo de 2021.

Por outro lado, a lucratividade da empresa segue sob pressão, mesmo com o crescimento da receita, diz o BTG.

Confira as melhores ações da Bolsa

  • Petz ON (PETZ3): +8,82%
  • ModalMais ON (MODL3): +8,01%
  • Plano e Plano ON (PLPL3): +5,96%
  • Gerdau PN (GGBR4): +4,66%
  • Springs ON (SGPS3): +4,44%

Veja as piores do dia

  • Bradesco PN (BBDC4): -17,38%
  • Bradesco ON (NNDC3): -16,01%
  • Qualicorp ON (QUAL3): -15,60%
  • Viver ON (VIVR3): -10,66%
  • Americanas ON (AMER3): -8,43%