Deere e SpaceX fornecerão internet para equipamentos em áreas remotas do Brasil e EUA

O serviço Starlink vai estrear no Brasil e em partes dos Estados Unidos ainda neste ano, com mais países a seguir, informou a Deere

A fabricante de máquinas agrícolas Deere anunciou a parceria com a SpaceX para fornecer conexão de internet via satélite para tratores, colheitadeiras e pulverizadores agrícolas em áreas remotas, a fim de automatizar o plantio e a colheita.

O serviço Starlink vai estrear no Brasil e em partes dos Estados Unidos ainda neste ano, com mais países a seguir, informou a Deere. Os custos das antenas e do serviço de software para os agricultores ainda não foram determinados, disse a empresa, mas a atualização deve contemplar máquinas novas e antigas.

A Deere tem investido bilhões de dólares na criação de serviços assistidos por computador para agricultores, incluindo o software que permite a pulverização seletiva de herbicidas e tratores autônomos para arar campos.

As ofertas de agricultura digital da empresa permitem que os agricultores monitorem remotamente seus equipamentos, resolvam problemas sem precisar levar tratores para oficinas de reparos e recebam dados em tempo real sobre solo, sementes e plantio.

Muitos agricultores dependem de sinais sem fio de torres terrestres para usar esses serviços digitais, mas cerca de 30% das áreas cultivadas nos EUA não têm serviço Wi-Fi suficiente, segundo a Deere.

Já no Brasil, um dos maiores produtores mundiais de soja, cana-de-açúcar, frutas e outras commodities agrícolas, mais de 70% das áreas cultivadas não tem conectividade adequada.

Com informações de Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo