Body Shop entra em recuperação judicial no Reino Unido; veja impacto

Empresa foi vendida pela Natura no final do ano passado; processo não afeta unidades da marca em outros países

A varejista britânica de beleza e cosméticos The Body Shop disse nesta terça-feira (13) que nomeou administradores de insolvência para cuidar de sua recuperação judicial, após anos de dificuldades financeiras. A empresa, que cresceu de uma única loja em 1976 para chegar a centenas de unidades dentro e fora do Reino Unido, é conhecida como uma das primeiras defensoras de práticas comerciais éticas.

Os administradores contratados pela Body Shop, do grupo FRP, disseram que “agora considerarão todas as opções para encontrar uma maneira de o negócio avançar”.

Há algumas semanas, a Aurelius, uma empresa alemã de private equity especializada na compra e reestruturação de empresas em dificuldades, assumiu o controle do negócio. O grupo europeu comprou a marca britânica por £ 207 milhões (equivalente a R$ 1,25 bilhão) da brasileira Natura, que se desfez do ativo para focar na América Latina.

A cadeia da Body Shop vai continuar a operar, mas a notícia de que entrou em recuperação judicial poderá colocar em risco centenas de empregos da companhia.

Com informações do Estadão Conteúdo