Águas do Rio, do grupo Aegea, recebe R$ 1,5 bi do BID Invest para ampliar serviços de água e saneamento

Os projetos financiados incluem reabilitação, manutenção e expansão de infraestruturas de saneamento e distribuição de água para atingir a universalização dos serviços até 2033

A concessionária Águas do Rio, do grupo Aegea, está recebendo um pacote de empréstimos de longo prazo de até R$ 1,5 bilhão. O montante, fornecido pelo Bid Invest, tem como objetivo fortalecer os serviços de água e saneamento no Estado do Rio de Janeiro, beneficiando cerca de 10 milhões de pessoas.

Os projetos financiados incluem reabilitação, manutenção e expansão de infraestruturas de saneamento e distribuição de água para atingir a universalização dos serviços até 2033. Para, dessa forma, garantir que 99% da população da região tenha acesso à água potável e 90% à coleta e tratamento de águas residuais, frente os 87% e 44% estimados no processo licitatório, respectivamente.

Para viabilizar a operação, a Proparco, subsidiária do grupo Agence Française de Développement, fornecerá uma garantia de R$ 500 milhões ao Bid Invest, banco multilateral que visa promover o desenvolvimento econômico de seus países membros na América Latina e no Caribe por meio do setor privado.

Meio ambiente

Os benefícios ambientais também estão no radar. Cada projeto pode incluir incentivos baseados no desempenho num montante total de até US$ 15 milhões do Programa de Infraestruturas Sustentáveis do Reino Unido (UK SIP) para apoiar os resultados de mitigação de gases com efeito estufa (GEE).

A Águas do Rio, responsável pelos serviços de saneamento em 27 municípios do Estado do Rio de Janeiro, planeja descontaminar a Baía de Guanabara, a nascente do Rio Guandú e a Lagoa Rodrigo de Freitas, diretamente afetadas pelo descarte irregular de esgoto.

Os projetos visam ainda a utilização mais eficiente dos recursos hídricos, reduzindo as perdas físicas e comerciais de água de cerca de 60% para uma meta de 25% até 2035.

Com informações do Estadão Conteúdo.