IF Hoje: Mercado repercute comunicado do Copom sobre decisão de juros de olho nos próximos passos do governo

No corporativo, temporada de balanços do 4º tri está na reta final com resultados de Cogna, Sabesp, Oi e Aliansce Sonae, após o fechamento do mercado na B3

As decisões de juros não param. Um dia após as decisões do Federal Reserve e do Banco Central do Brasil, será a vez das autoridades monetárias de Reino Unido, Suíça e Turquia decidirem as taxas básicas desses países.

Os banqueiros centrais têm com a complicada missão de equilibrar o crescimento econômico com o combate à inflação, ainda em níveis elevados diante dos desarranjos nas cadeias produtivas globais causados pela pandemia.

Ontem, o Fed (banco central americano) decidiu por manter a política contracionista e elevou, em 25 pontos base (ou 0,25 ponto percentual) a taxa de juros americana, para a faixa entre 4,75% e 5% ao ano, maior patamar desde 2007.

Em sua justificativa, o presidente da autarquia, Jerome Powell, afirmou que a inflação segue resiliente, apesar de indicativos de arrefecimento. O banqueiro também citou a crise dos bancos dos EUA e Europa e citou que os episódios encarecerão o crédito para famílias e empresas.

No Brasil, o Banco Central deu de ombros para a pressão política e manteve a taxa de juros em 13,75% ao ano, citando no comunicado que a incerteza a respeito do arcabouço fiscal e a crise externa são fatores de risco inflacionário.

O comunicado não citou nem indicou um viés de corte. Pelo contrário, disse que o BC está vigilante e que manterá os juros em patamares elevados até quando achar necessário.

Reação

A reação será pesada por parte de empresários e políticos do governo. Ontem, pelo Twitter, a presidenta do PT, deputada federal Gleisi Hoffman, cobrou Roberto Campos Neto.

“Roberto Campos, explica: como empresários podem captar recursos com os maiores juros do mundo? Como investir se o dinheiro aplicado rende 8% reais? Vc não entendeu seu compromisso com o Brasil? Seus juros só beneficiam rentismo e quem não produz. Sua política monetária já foi derrotada”, postou.

Feriado

Feriado na Indonésia (Ano Novo Hindu).

Indicadores

No Brasil, IPC-S da FGV (3ª quadrissemana de março) e Receita Tributária Federal.

Cingapura e Hong Kong divulgam seus índices de preço ao consumidor (IPC) de fevereiro e anual.

No Reino Unido, o Bank of England (banco central) divulga a nova taxa de juros do país. A projeção é que seja elevada dos atuais 4% ao ano para 4,25% ao ano. O resultado deve sair por volta das 9h da manhã (Brasília).

Leia a seguir

Leia a seguir

Suíça e Turquia também terão decisão de política monetária.

União Europeia divulga índice de confiança do consumidor na região.

Estados Unidos tem Índice de Atividade Nacional pelo Fed de Chicago, vendas de casas novas e Índice de Atividade Industrial do Fed Kansas City.

No fim do dia, Japão divulga IPC mensal de fevereiro e do consolidado de 12 meses. País também divulga PMI Industrial de março.

Balanços do dia

Cogna Educação, Sabesp, Oi e Aliansce Sonae, todas após o fechamento do mercado.