Mercado Livre (MELI34): UBS BB reitera recomendação de compra com melhora nos indicadores

Banco subiu preço-alvo das ações da empresa com potencial de valorização de mais de 20%

O UBS BB elevou o preço-alvo do Mercado Livre (MELI34) de US$ 1.300,00 para US$ 1.550,00 por ação e reiterou a recomendação de compra para os ativos. O valor representa um potencial de alta de 24% em relação à cotação atual.

O ajuste incorpora os resultados recentes melhores do que o esperado, o forte crescimento do volume bruto de mercadoria (GMV), especialmente no Brasil, efeitos positivos da expansão de anúncios e a evolução do crédito, com crescimento moderado, mas com melhora no indicador de inadimplência no curto prazo.

“Vemos o Mercado Livre bem posicionado para continuar ganhando participação de mercado no comércio eletrônico enquanto expande as soluções de fintech e anúncios”, indicam os analistas Kaio Prato, Vinícius Strano e Bruna Werneck em relatório.

Eles afirmam que, com 148 milhões de usuários ativos únicos e 1,1 bilhão de itens vendidos ao longo de 2022, o Mercado Livre pode ainda usar a quantidade significativa de dados para monetizar sua base de comerciantes oferecendo serviços de anúncios.

Diante do aumento das discussões sobre um possível teto para as taxas de juros cobradas em empréstimos com cartão de crédito rotativo no Brasil, o banco também avalia que, se uma capitalização de 8% for implementada, o lucro líquido do Mercado Livre pode ser impactado negativamente entre 2% a 6% em 2023.

Leia a seguir

Leia a seguir