Qual é o melhor dia para tirar o dinheiro da poupança?

Especialista explica como você pode investir na caderneta da forma mais rentável possível

A poupança pode não ser a aplicação mais rentável do mercado, mas tem lá suas vantagens. Ela é fácil de usar – além de ser uma aplicação de baixíssimo risco. A Inteligência Financeira já até falou sobre as vantagens da caderneta, e você pode conferir aqui.

Ainda assim, a velha caderneta de poupança tem suas peculiaridades. Entre elas, a mais importante possivelmente seja a data de aniversário. É essa data, afinal, que define o melhor dia para tirar dinheiro da poupança.

Mas será que você sabe exatamente que dia é esse e por que é importante prestar atenção nesta data?

Para tirar essa dúvida e explicar direitinho como funciona o rendimento da caderneta, conversamos com Juliana da Silva Ferreira, especialista de Produtos e Negócios do Ailos.

Confira o que ela diz para trabalhar com a conta poupança da melhor forma possível.

O que é a data de aniversário da poupança?

A data de aniversário da poupança é o dia do mês que você fez depósito na caderneta.

O nome é “data de aniversário” porque, diferentemente de outros tipos de investimento, a remuneração dos depósitos em poupança é creditada de 30 em 30 dias para pessoa física, no dia do mês em que o depósito foi feito.

“Por exemplo, se o investimento em poupança foi realizado no dia 10, o rendimento será creditado sempre no dia 10 de cada mês”, explica Juliana.

Detalhe: as aplicações realizadas nos dias 29, 30 e 31 de cada mês terão como data de aniversário o dia 1º do mês subsequente.

Apenas por curiosidade, para pessoa jurídica, o rendimento cai trimestralmente, na data de aniversário do último mês do trimestre.

Como saber a data de aniversário da conta poupança?

Para saber a data (ou as datas) de aniversário da poupança você deve checar o extrato da conta.

Qual é o melhor dia para sacar o dinheiro da poupança?

Segundo a especialista, o melhor dia para tirar dinheiro da poupança é o dia seguinte do recebimento da remuneração mensal.

Ou seja, se sua data de aniversário for dia 10 de cada mês, o melhor dia para tirar dinheiro da poupança será dia 11.

Qual é o melhor dia para tirar dinheiro da poupança com várias datas de aniversário?

Você já deve ter reparado que a poupança pode ter várias datas de aniversário. Por que isso acontece? Porque o poupador fez aplicações em dias diferentes.

Para entender o melhor dia para tirar dinheiro da poupança nesse caso, vamos imaginar a seguinte situação.

Você investiu R$ 5 mil na poupança no dia 8. Depois, dia 15, aplicou mais R$ 7 mil. Em seguida, dia 23, investiu mais R$ 2.500.

No total, então, você tem R$ 14.500 – sem os rendimentos.

A partir de agora, qual é o melhor dia para tirar dinheiro da poupança?

Resposta da especialista: a partir do mês seguinte, e após dia 23.

Por quê? “Porque desta forma você recebe a remuneração dos três depósitos realizados”, explica.

E como é calculado o rendimento da poupança com várias datas de aniversário?

Outra dúvida comum que vamos esclarecer. Quando há várias datas de aniversário, como é calculado o rendimento da poupança?

Vamos continuar a simulação que iniciamos ali em cima.

Imagine que, no mês seguinte aos seus depósitos, você tenha de sacar R$ 3 mil no dia 12.

Qual será o rendimento mensal da sua poupança?

“A remuneração da poupança ocorre no menor saldo do período”, afirma Juliana.

Portanto, no nosso exemplo, você terá direito a rentabilidade apenas do investimento do dia 8.

“O cálculo é realizado com base no saldo remanescente, após o resgate dos R$ 3 mil”, afirma.

Ou seja, na ponta do lápis, você receberá a remuneração sobre o valor de R$ 11.500.

E a melhor data para investir dinheiro da poupança?

“Para o poupador, não há um dia específico melhor no mês para investir na poupança”, afirma Juliana.

É melhor concentrar os investimentos na poupança na data de aniversário?

Agora você pode estar se perguntando se vale a pena esperar a data de aniversário também para fazer aplicações na conta poupança. Será que é o caso?

“A vantagem de concentrar os investimentos no mesmo dia da data de aniversário é que a remuneração ocorrerá sempre no mesmo dia de cada mês, o que facilita o controle do poupador”, afirma a especialista.

Então vale a pena? Mais ou menos, porque também tem uma desvantagem importante.

Enquanto você espera a data de aniversário para investir, o recurso parado na conta corrente fica sem remuneração.

“Sempre que houver recurso disponível para investimento, recomendamos fazê-lo imediatamente”, alerta a especialista.

O mais importante, ela diz, é se atentar para o momento do resgate, tirando o dinheiro apenas depois de receber a remuneração do último período. Se for possível, é claro.