Marisa (AMAR3) garante que ações vão voltar a valer acima de R$ 1

A varejista confia que plano de reestruturação deve ser suficiente para elevar o preço dos papéis

A Marisa (AMAR3) afirmou que o seu plano de reestruturação, já em curso, deve ser suficiente para fazer com que as suas ações voltem a ser negociadas acima de R$ 1. A declaração foi dada em resposta a um questionamento recebido da B3 no dia 27 de março.

A B3 verificou que as ações da companhia foram negociadas abaixo do R$ 1 entre os dias 9 de fevereiro e 24 de março. Desta forma, a bolsa estabeleceu até 27 de setembro ou a data da próxima assembleia geral para que a empresa tome as medidas cabíveis para elevar o preço dos papéis.

Caso as ações da Marisa não tenham o resultado esperado, a empresa pode propor até 27 de setembro o grupamento dos ativos.

Na segunda-feira (10), os papéis da Marisa encerraram as negociações com queda de 4,8%, a R$ 0,59.

Leia a seguir

Leia a seguir