Investidores dos EUA aguardam decisão sobre os juros; ações da Tesla caem

Destaque para novos sinais de desaceleração da economia e para a redução da pressão sobre preços

Relatório desta terça-feira (5) da corretora Avenue mostra que os investidores avaliam novos sinais de desaceleração da economia e de redução das pressões sobre os preços. Segundo os analistas, os investidores norte-americanos também estão de olho nos relatórios econômicos, incluindo novos dados de inflação. Isso deve acontecer antes da reunião de política monetária da Fed agora em setembro. Serão dois dias de reuniões, a partir do dia 19, quando será anunciada a decisão sobre os juros. Assim, você acompanha abaixo o desempenho das principais ações na sexta-feira (1), já que ontem foi feriado nos EUA:

Tesla (TSLA)

As ações da Tesla caíram quase 5,1% depois que a fabricante de veículos elétricos reduziu os preços
de alguns veículos Modelo S e Modelo X na China. A companhia vale cerca de US$ 767 bilhões.

Dell Technologies (DELL)

Já os papéis da Dell Technologies subiram 21,3% na sexta-feira (1), após superar as expectativas dos analistas para o segundo trimestre. A empresa de informática relatou lucro ajustado por ação de US$ 1,74 e receita de US$ 22,93 bilhões. Os analistas previam lucro por ação de US$ 1,14 e US$ 20,85 bilhões. A companhia vale cerca de US$ 49 bilhões.

Walgreens Boots Alliance (WBA)

Já a ação da rede de drogarias caiu 7,4% depois que a empresa anunciou que Roz Brewer havia deixado o cargo de presidente-executivo e também o conselho de administração. A companhia vale cerca de US$ 20 bilhões.

MongoDB (MDB)

O MongoDB subiu pouco mais de 3% na sexta-feira (1), depois de superar as expectativas de Wall Street
no último trimestre. A fabricante de software de banco de dados registrou lucro ajustado de 93 centavos
por ação sobre receita totalizando US$ 423,8 milhões no segundo trimestre. Esses resultados
superaram as expectativas de 46 centavos em lucro por ação e US$ 393 milhões em receitas, de
acordo com um consenso. A companhia vale cerca de US$ 27 bilhões.

Broadcom (AVGO)

A empresa de chips viu suas ações caírem 5,5% depois que a empresa divulgou uma orientação de receita fiscal para o quarto trimestre que ficou ligeiramente abaixo das estimativas de Wall Street em meio a preocupações
com a concorrência no espaço de chips de rede. No entanto, a Broadcom relatou lucros e receitas
melhores do que o esperado no último trimestre. A companhia vale cerca de US$ 360 bilhões.

Lululemon Athletica (LULU)

As ações subiram 6% na sexta-feira, depois que a varejista de roupas esportivas relatou uma queda
nos lucros após o fechamento de quinta-feira. O lucro por ação do segundo trimestre fiscal foi de US$
2,68, contra os US$ 2,54 esperados pelos analistas. A receita foi de US$ 2,21 bilhões, superando as
estimativas de US$ 2,17 bilhões. A Lululemon também elevou sua orientação para o ano. A companhia
vale cerca de US$ 49 bilhões.

Com informações da Avenue