Imagem negativa do Brasil no exterior está se diluindo, diz Luiza Trajano

Empresária vê companhias do país mais conscientes dos compromissos de diversidade e sustentabilidade

A presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza (MGLU3), Luiza Trajano, disse que a imagem negativa que o Brasil tinha no passado está reduzindo.

“Pelo número de brasileiros e por essa representatividade (no exterior), tenho a impressão de que essa imagem (negativa) está se diluindo cada vez mais”, disse ela, ao Estadão/Broadcast, durante o Pacto Global da ONU, o SDGs in Brazil, que aconteceu na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

“Estou feliz do que estou vendo aqui”, emendou.

Segundo ela, há representantes brasileiros de peso na cidade às vésperas da semana do clima na cidade e à Assembleia-Geral da ONU que estão preocupados com a imagem do Brasil no exterior.

Trajano também reconhece que as empresas no país estão mais conscientes dos compromissos de diversidade e sustentabilidade até por pressão da pauta ESG, sigla em inglês para critérios ambientais, sociais e de governança, no mercado.

“Agora, precisa sair da teoria e ir para a prática”, cobrou.

Quanto ao risco de a atual situação econômica do Brasil não permitir que os juros caiam muito no país, ela disse não haver “demanda em excesso” e que está “normal”.

“Acredito que os juros vão cair (mais) até o fim do ano”, concluiu Trajano, sem precisar o tamanho do corte que espera.

Com informações do Estadão Conteúdo