Guilherme Horn assume comando do WhatsApp na América Latina

Horn expandirá atuação do Whatsapp para toda a América Latina, focado em apoiar o ecossistema de pequenas e médias empresas da região

Quase um ano após assumir a operação do WhastApp, da Meta, no Brasil, o executivo Guilherme Horn expandiu a função de liderança da empresa na América Latina, anunciou hoje a subsidiária brasileira da Meta.

“Desde sua chegada à companhia, em março de 2022, Horn tem trabalhado para estabelecer e promover a estratégia de negócios do WhatsApp no Brasil, por meio de parcerias estratégicas e iniciativas para ajudar empresas de todos os tamanhos a se beneficiarem do aplicativo como canal para atrair novos clientes”, disse a empresa, em comunicado, na tarde de hoje.

“Agora, Horn expandirá sua atuação para toda a América Latina, especialmente focado em apoiar o ecossistema de pequenas e médias empresas da região”, completou a Meta.

Com mais de 30 anos de experiência como executivo e empresário, Horn foi fundador da corretora digital Ágora e da Orama.

O WhatsApp é o aplicativo mais usado por 96,4% dos brasileiros conectados à internet, entre 16 e 64 anos, dentro da categoria de redes sociais, segundo a pesquisa “Digital Brazil 2022” da empresa de consultoria de mídias sociais Hootsuite e a agência de marketing digital We Are Social.

Em novembro, Horn participou de um anúncio do Brasil como o primeiro país do mundo a estrear um recurso de buscas por estabelecimentos próximos no WhatsApp, bem como pagamentos para compras on-line dentro do app. As novidades foram anunciadas por Mark Zuckerberg, diretor-presidente da controladora do Facebook, em participação remota, por vídeo.