GPA (PCAR3) relança ‘Pão de Açúcar Mais’ para estimular compras e rede atingir metas; ações caem

Meta é ampliar em 30% a base dos clientes premium até o fim do ano. O programa estará disponível no aplicativo após o dia 25

O GPA (PCAR3), dono da rede de supermercados Pão de Açúcar, anunciou nesta terça-feira mudanças no seu programa de fidelidade “Pão de Açúcar Mais”, com a criação de dois novos níveis de perfis dentro do modelo, de forma a gerar vantagens e benefícios aos clientes que atingirem metas de compras na rede.

A ação é parte do processo de retomada nas vendas do Pão de Açúcar, dentro de um plano liderado pelo atual comando de um ano para cá, quando Marcelo Pimentel se tornou CEO do grupo.

Missões de compras

A ideia é que os consumidores cumpram “missões” de compras na rede, levando o cliente ampliar os seus gastos no supermercados, na loja e no aplicativo. Dessa forma, ele poderá ser classificado de Cliente Mais Black ou Cliente Mais Gold. Quem não atingir metas de compras continuará sendo Cliente Mais.

As metas alcançadas devem ser revertidas em descontos, em frete grátis (em compras acima de certo valor), em novos pontos, e outros benefícios. Outras redes concorrentes têm modelos de fidelidade com conceitos parecidos — quanto mais gastar mais supostos benefícios são recebidos. Mas cada empresa tenta segmentar mais seus programas para atrair mais tráfego e vendas.

Por exemplo, para ser Cliente Mais Black é preciso fazer compras em 8 semanas no intervalo de 3 meses. Além disso, ele terá que atingir meta de 5 estrelas em compras (cada estrela é concedida em gastos mínimos de R$ 400). Logo, é preciso gastar R$ 2 mil em 3 meses. Isso é identificado pelo aplicativo do cliente, que já tem uma conta, e tudo é atualizado quando o cliente informa o seu CPF no caixa ou na identificação na compra on-line.

Meta é ampliar em 30% a base dos clientes

O programa estará disponível no aplicativo após o dia 25. A meta é ampliar em 30% a base dos clientes premium até o fim do ano. São cerca de 11 milhões de clientes no programa Mais.

Para ser Cliente Mais Gold é preciso alcançar 10 estrelas e fazer compras também em 8 semanas em 3 meses, mas gastar, pelo menos, R$ 4 mil. O Gold tem mais vantagens que o Black.

“É tudo parte de um mesmo processo de recuperação do Pão, e do processo de retomada da rentabilidade”, disse Pimentel, nesta tarde.

Plano de reestruturação

O plano de reestruturação do grupo anunciado no ano passado contempla período de três anos e envolve voltar a crescer mais que a inflação e acelerar abertura de lojas.

Foram abertas 84 lojas em 12 meses, dentro da meta de abertura de 300 lojas em 3 anos.

Além disso, esse projeto ainda envolve revisão de gastos. “Já tivemos R$ 100 milhões em economias de redução estrutural e hoje estamos na segunda fase dessa revisão com a Falconi, focado no Orçamento Base Zero. O único local que estamos protegendo é a loja, para o cliente não ser impactado”, disse o CEO.

O plano ainda é focado na desalavancagem financeira. “Foram mais de R$ 1,5 bilhão de desalavancagem e ainda estamos atuando na venda de ativos para reduzir mais dívida. A ideia é a interrupção de ‘cash burn’ da empresa, queremos que o grupo pare de queimar caixa e isso é muito importante”, disse ele.

As ações do GPA caíam 2%, cotadas a R$ 16,66, na tarde desta terça-feira.