Elon Musk sugere possibilidade de cobrança de usuários da plataforma X

Antigo Twitter tem passado por mudanças desde a aquisição pelo bilionário

Elon Musk sugeriu que a rede social X, anteriormente conhecida como Twitter, estaria avaliando a possibilidade de cobrar dos usuários pelo serviço, a última mudança que o bilionário aventou desde a compra da plataforma no ano passado.

Musk tem feito ajustes e adicionado recursos ao serviço desde a aquisição, algumas vezes atrasando ou revertendo essas mudanças. Um de seus movimentos foi cobrar dos usuários por serviços aprimorados, incluindo a de verificação de suas contas com o selo azul da plataforma.

O serviço de assinatura passou a se chamar X Premium.

Essa medida, disse Musk, foi tomada em parte para ajudar a erradicar a proliferação de bots, perfis automatizados que não são controlados diretamente por um humano, na plataforma.

Em uma conversa transmitida ao vivo com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na segunda-feira, Musk disse que cobrar de todos os usuários do X era outra maneira de combater os bots.

“A razão mais importante pela qual estamos mudando para um pequeno pagamento mensal pelo uso do sistema X é que é a única maneira que consigo pensar para combater vastos exércitos de bots”, disse Musk.

Ele não detalhou o plano, incluindo quanto poderia cobrar dos usuários, dizendo que seria “uma pequena quantia”.

X não respondeu a um pedido de comentário.

A cobrança de um pagamento mensal forçaria os criadores de bots a usar um método diferente toda vez que quisessem gerar um bot, disse Musk.

Os custos eventualmente se tornariam muito altos para aqueles que desejam lançar vários bots na plataforma, afirmou.

“Na minha opinião, esta é a única defesa contra vastos exércitos de bots”, disse, explicando que os avanços na inteligência artificial estavam tornando mais fácil para os criadores de bots aproveitar a tecnologia para passar nos testes comuns de autenticação.

Com informações do Estadão Conteúdo