Volume de passageiros das aéreas na América Latina e Caribe sobe 13,3% em 2023 ante 2022

Entre janeiro e dezembro de 2023, a região transportou 248 milhões de pessoas em voos domésticos, 9,1% a mais que no mesmo período de 2022

Em 2023, o volume de passageiros atingiu 451,6 milhões na América Latina e no Caribe. O número, recorde histórico para a região, representa alta de 13,3% em relação a 2022 e de 3,9% quando comparado a 2019, segundo a Associação Latino-americana e do Caribe de Transporte (Alta).

As companhias aéreas operaram 3,6 milhões de voos na região em 2023, 8,6% a mais do que no ano anterior. Já o número de assentos cresceu 10,5%, para 285,8 milhões, ainda de acordo com o relatório produzido pela Alta.

Entre janeiro e dezembro de 2023, a região transportou 248 milhões de pessoas em voos domésticos, 9,1% a mais que no mesmo período de 2022. Em viagens internacionais, o crescimento chegou a 19%, com 203,5 milhões de passageiros.

Dezembro

Em dezembro, foram 40,6 milhões de passageiros transportados na América Latina e no Caribe, 6,3% acima do mesmo mês de 2022 e 3,3% maior do que em dezembro de 2019. O último mês foi o segundo mais movimentado de 2023, atrás apenas de julho.

O tráfego doméstico de passageiros cresceu 0,7% em dezembro na comparação anual, enquanto o internacional registrou alta de 13%. O fator de ocupação para voos domésticos foi de 83,6%, enquanto os voos intrarregionais e extrarregionais atingiram 79,8% e 83,2%, respectivamente No Brasil, o número de passageiros domésticos aumentou 4% ante um ano antes.

A quantidade de passageiros internacionais saltou 24%, com destaque para a rota de Buenos Aires – São Paulo (GRU), que registrou crescimento de 5% no número de voos. Foi observado também um crescimento significativo, de 75%, no número de voos para o Peru. Com isso, os dois países se destacam como o par com maior crescimento a nível intrarregional.

Com informações do Estadão Conteúdo