Tesouro: despesa do Governo Geral em 2022 foi de R$ 4,630 tri, equivalente a 45,9% do PIB

Área de Proteção Social apresentou o maior nível de despesas em 2022: R$ 1,684 trilhão, ou seja, 16,7% do PIB

De acordo com o Tesouro, o Boletim de Despesas por Função do Governo Central, que passou a ser publicado em 2018 e reunia somente os dados da União, será descontinuado e substituído por essa nova versão que amplia a abrangência dos dados e passa a detalhar as despesas nas três esferas de governo.

O Tesouro Nacional divulgou que a despesa do Governo Geral foi de R$ 4,630 trilhões, equivalente a 45,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2022. O dado consta da primeira edição do Boletim de Despesas por Função do Governo Geral (Cofog).

“Essa ampliação a nível de Governo Geral possibilita a comparação com países com distintos arranjos federativos, além de ensejar a análise de como as esferas de governo brasileiras compartilham a execução de políticas públicas”, diz o documento.

Segundo o relatório, a área de Proteção Social, que compreende gastos com benefícios previdenciários e programas de distribuição de renda, como o Bolsa Família, apresentou o maior nível de despesas em 2022, R$ 1,684 trilhão, ou seja, 16,7% do PIB.

No mesmo ano, o segundo maior gasto foi com a área de Serviços Públicos Gerais, que concentra despesas administrativas referentes aos juros da dívida pública – R$ 1,096 trilhão, o equivalente a 10,9% do PIB.

Com informações do Estadão Conteúdo