Taxa de desemprego da zona do euro avança a 6,5% em setembro e fica acima do esperado

A Eurostat, agência oficial de estatísticas da União Europeia, calcula que havia 11,017 milhões de desempregados na zona do euro em setembro

A taxa de desemprego da zona do euro avançou para 6,5% em setembro, após tocar a mínima histórica de 6,4% em agosto, segundo dados com ajustes sazonais divulgados nesta sexta-feira (3) pela agência oficial de estatísticas da União Europeia, a Eurostat.

O resultado de setembro ficou acima expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam manutenção da taxa em 6,4%. A Eurostat calcula que havia 11,017 milhões de desempregados na zona do euro em setembro.

Em relação a agosto, o número de pessoas sem emprego na região teve aumento de 69 mil.

Com informações do Estadão Conteúdo.