Rubens Menin, da MRV (MRVE3): Se nada (de ruim) acontecer, setor imobiliário vai brilhar ano que vem

O empresário afirmou que o setor está produzindo menos imóveis do que a sociedade precisa e do que as incorporadoras têm capacidade de fazer

O presidente do conselho de administração da MRV (MRVE3), Rubens Menin, disse nesta terça-feira (26) que espera uma melhora do mercado imobiliário em 2024. “Se nada (de ruim) acontecer, o setor vai brilhar ano que vem. Será um dos sustentáculos da economia brasileira”, declarou.

“Fica uma mensagem de otimismo”.

O empresário afirmou que o setor está produzindo menos imóveis do que a sociedade precisa e do que as incorporadoras têm capacidade de fazer.

Segundo ele, há estrutura para aumentar o nível de construção, o que geraria 1 milhão de empregos a mais no setor.

Rubens Menin apontou que a melhora depende de um conjunto da obra, que passa por apoio do setor público, redução da burocracia e melhora do ambiente econômico como um todo, incluindo a queda dos juros.

“Não estou reclamando dos juros, não. Eles estão altos. Mas estou pensando em 2024, que pode ser um ano melhor”, avaliou.

Na sua avaliação, os fundamento da economia e do setor são sólidos, o que ajuda a explicar essa perspectiva de melhora.

Menin participou nesta terça-feira do Fórum Brasileiro de Incorporadoras (Incorpora 2023), evento que reúne empresários da construção e autoridades públicas, organizado pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

Com informações do Estadão Conteúdo