Programa ‘Voa Brasil’, de passagens aéreas a R$ 200, será lançada no fim de agosto

Em um primeiro momento, o programa beneficiará aposentados e pensionistas que não voaram nos últimos 12 meses. Cada pessoa poderá comprar quatro trechos por vez

O ministro dos Portos e Aeroportos, Márcio França, confirmou ao Estadão/Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, que o Voa Brasil, programa de passagens aéreas a R$ 200, será lançado no fim de agosto.

Segundo ele, a iniciativa oferecerá 1,5 milhão de passagens mensalmente. Em um primeiro momento, o programa beneficiará aposentados e pensionistas que não voaram nos últimos 12 meses. Cada pessoa poderá comprar quatro trechos por vez.

O programa deve oferecer passagens em “períodos de ociosidade”, como os meses de março, abril, maio, agosto, setembro, outubro e novembro. Segundo o ministro, a ideia é disponibilizar ao programa um quarto dos assentos não usados nas aeronaves.

“Os aviões têm 21% de ociosidade nesta época. Estamos pleiteando que eles nos deem 5% dessa ociosidade, porque a gente não pode colocar tudo ao mesmo tempo, tem o medo de dar um overbooking em tudo”, explicou França.

O comprador não poderá escolher qualquer trecho para viagem. O governo vai lançar um site e um aplicativo do Voa Brasil por onde será possível verificar os locais disponíveis.

Em evento na quinta-feira, 13, na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, França deu mais detalhes sobre a iniciativa. Conforme o ministro, as companhias aéreas Latam, Gol e Azul participarão do Voa Brasil.

O governo também quer oferecer cashback para quem comprar passagens pelo programa. “Estamos convencendo concessionárias a devolver parte da taxa de embarque para a pessoa poder consumir metade da taxa no aeroporto ou no transporte até o aeroporto.”

Com informações do Estadão Conteúdo.