Morning call: bolsa começa a semana tentando defender, ao menos, os 118 mil pontos

Última alta ocorreu em 31 de julho, quando a bolsa quase marcava 122 mil pontos

A bolsa começa a semana tentando, ao menos, defender os 118 mil pontos – patamar quase perdido com a sequência negativa experimentada no mês de agosto.

A semana passada se encerrou com o Ibovespa negativo em 0,24%, ampliando as quedas no mês de agosto, quando a bolsa caiu 3,18%.

A última alta da bolsa ocorreu no longínquo 31 de julho, quando o principal índice do mercado de ações marcava quase 122 mil pontos.

Resta saber como a bolsa reagirá a uma semana que deve ser marcada por dois movimentos claros: dados de produção industrial, vendas no varejo e taxa de desemprego, na China, e a ata do Fed. Esta última informação costuma indicar mais pistas sobre a condução da política monetária nos Estados Unidos.

Bolsas asiáticas

Os mercados asiáticos registraram pregão negativo, nesta segunda-feira. Xangai recuou, após a incorporadora Country Garden suspender a negociação de títulos onshore no fim de semana, depois de ter estimado prejuízo bilionário no primeiro semestre. Nesse contexto, o papel da Country Garden Holdings teve baixa de 18,37% em Hong Kong.

A Bolsa de Xangai fechou em baixa de 0,34%, em 3.178,43 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 0,13%, a 2.091,81 pontos.

O sentimento do investidor chinês era ainda influenciado também pelos dados fracos de crédito divulgados na sexta-feira, além da cautela com o setor imobiliário. Montadoras de automóveis e seguradoras estiveram entre as maiores baixas, com BYD em queda de 5,2%, Great Wall Motor de 4,5% e Ping An Insurance, de 1,7%.

Em Tóquio, o índice Nikkei registrou queda de 1,27%, a 32.059,91 pontos. O mercado acionário japonês chegou a subir em parte do dia, mas sem fôlego, com as perspectivas para a política monetária dos Estados Unidos também em foco, segundo a IG. Nippon Paint caiu 5,5% e Inpex, 4,8%. Em Hong Kong, o índice Hang Seng fechou em queda de 1,58%, em 18.773,55 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou baixa de 0,79%, em 2.570,87 pontos. Em Taiwan, o Taiex caiu 1,25%, a 16.393,66 pontos. Na Oceania, na Bolsa de Sydney o índice S&P/ASX 200 teve baixa de 0,86%, a 7.277,00 pontos.

Com informações da Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo