JBS (JBSS3): conselho elege Kátia Abreu e Paulo Bernardo como membros independentes

Mudança visa substituir conselheiros que renunciaram aos cargos

A JBS informou, em fato relevante, que em reunião nesta quinta-feira (20) o conselho de administração elegeu os ex-ministros Kátia Abreu Gomes e Paulo Bernardo, além do executivo Cledorvino Belini, ex-presidente da Cemig e da Fiat, como membros independentes para um mandato até a próxima assembleia geral da companhia.

Eles substituem Leila Abraham Loria, Claudia Pimentel Trindade Prates e Estêvão de Almeida Accioly, que renunciaram aos cargos em 19 de julho de 2023.

No comunicado, a empresa destaca que Kátia Abreu presidiu a Comissão de Relações Exteriores do Senado Federal entre 2021 e 2022, foi senadora entre 2007 e 2021 e ministra da Agricultura de 2015 e 2016, entre outros cargos.

Paulo Bernardo Silva foi ministro das Comunicações entre 2011 e 2014 e ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão entre 2005 e 2010.

Já Cledorvino Belini presidiu a montadora Fiat no Brasil e na América Latina entre 2004 e 2015 e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) de fevereiro de 2019 a janeiro de 2020. Belini foi conselheiro independente da JBS entre outubro de 2017 e junho de 2020 e entre novembro de 2021 e abril de 2023.

Com informações do Estadão Conteúdo