Governo Central tem superávit de R$ 79,337 bilhões em janeiro, aponta Tesouro

O saldo reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central

As contas do Governo Central registraram superávit primário em janeiro. No mês passado, a diferença entre as receitas e as despesas ficou positiva em R$ 79,337 bilhões. O resultado sucedeu o déficit de R$ 116,147 bilhões em dezembro.

O saldo – que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central – representa o terceiro melhor desempenho em termos reais para o mês na série histórica do Tesouro, iniciada em 1997. Em janeiro de 2023, o resultado havia sido positivo em R$ 78,906 bilhões, em valor nominal.

O resultado do mês passado ficou em linha com a mediana das expectativas na pesquisa do Projeções Broadcast, de superávit de R$ 79,050 bilhões. As estimativas, todas superavitárias, iam de R$ 63,200 bilhões a R$ 84,800 bilhões.

Em janeiro, as receitas tiveram alta real de 3,7% em relação a igual mês do ano passado. Já as despesas subiram 6,8% em janeiro, já descontada a inflação.

Tesouro Nacional

As contas do Tesouro Nacional – incluindo o Banco Central – registraram um superávit primário de R$ 96,021 bilhões em janeiro, de acordo com dados divulgados pelo Tesouro.

Já o resultado do INSS foi deficitário em R$ 16,684 bilhões no mês passado. As contas apenas do Banco Central tiveram déficit de R$ 145 milhões em janeiro.

Com informações do Estadão Conteúdo