Conheça o problema que a Selic alta traz para a Caixa

Rita Serrano, presidente do banco, repercutiu a decisão do Copom de manter a taxa básica de juros em 13,75% ao ano

A presidente da Caixa, Rita Serrano, afirmou nesta quinta-feira (23) que a taxa elevada de juros, “inclusive mantida pelo Copom”, causa problemas de funding para o banco. No crédito habitacional, as duas principais fontes de funding da Caixa são a poupança – cuja atratividade diminui com a alta da Selic – e o FGTS.

“Do ano passado para cá o sistema financeira perdeu R$ 100 bilhões com os saques na poupança, e desse total da Caixa perdeu R$ 33 bilhões. Parte disso escoou para outros investimentos com taxas maiores”, comentou na coletiva sobre os resultados de 2022.

Na questão do FGTS, ela disse que os saques sucessivos permitidos pelo governo anterior (saque-aniversário) e a situação do mercado de trabalho, “com mais vagas informais do que formais”, podem causar um problema de sustentabilidade do fundo no médio prazo.

“Na Caixa, isso nos deixa sem funding a taxas mais atrativas para poder fazer o financiamento habitacional”, comentou.

Leia a seguir

Leia a seguir