Bolsas da Europa fecham em alta com bons resultados das empresas e PIB americano

Investidores aguardam a divulgação de diversos indicadores econômicos nos Estados Unidos, como a primeira leitura do PIB do quarto trimestre nos EUA

Os principais índices acionários da Europa fecham em alta nesta quinta-feira (26), impulsionados por resultados financeiros positivos das empresas que divulgam seus balanços. Hoje também os investidores acompanharam a divulgação de diversos indicadores econômicos nos Estados Unidos, como a primeira leitura do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre nos Estados Unidos.

O índice Stoxx 600 fechou com alta de 0,42%, a 453,99 pontos.

Enquanto isso, o índice DAX, de Frankfurt, subiu 0,34%, o francês CAC 40 registrava valorização de 0,74% e a Bolsa de Londres tinha alta de 0,21%.

A agenda movimentada de indicadores nos Estados Unidos deve chamar a atenção dos mercados nesta quinta-feira.

A primeira leitura do PIB americano para o quarto trimestre de 2022 foi publicada. O indicador veio com alta de 2,9%, levemente acima do esperado.

Analistas consultados pelo “The Wall Street Journal” apontavam alta anual de 2,8%.

Recessão técnica

Na Alemanha, o ministro da economia, Robert Habeck apontou que a economia do país deve crescer 0,2% em 2023, mas Berlim não deve evitar uma recessão técnica. A declaração foi feita durante coletiva sobre a divulgação das projeções econômicas da Alemanha neste ano.

Os investidores também olham para a reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE). De acordo com Carsten Brzeski, analista do ING, o BCE deve aplicar um aumento de 0,50 ponto percentual nas taxas de juros.

“Enquanto a parte do crescimento argumenta a favor de mais aumentos de juros, a inflação mais baixa pode argumentar a favor de dar um passo para trás, uma vez que o mandato principal do banco central é alcançar a estabilidade de preços. Para a próxima semana, no entanto, ambos os desenvolvimentos são muito recentes e hesitantes para o BCE mudar de rumo”, acrescenta o analista do banco holandês, em relatório.

Empresas

Na seara corporativa, as ações da finlandesa Nokia de telecomunicações sobem mais de 5% impulsionadas por resultados acima do esperado do quarto trimestre e projeções positivas para todo ano. Já o banco espanhol Sabadell tem ganhos de quase 9% impulsionados por projeções com ganhos com os juros elevados.

Já as ações da Diageo, fabricante de bebidas britânica, tem queda de 6,07% depois que os resultados apontaram para uma desaceleração no lucro operacional em sua unidade norte-americana. Já Wizz Air Holdings, companhia aérea suíça, disse que ainda espera registrar uma perda líquida em seus ganhos de 2023, apesar da demanda resiliente de viagens, fazendo com que os papéis da companhia caíssem 8,37%.