Bolsas da Ásia fecham em alta, em sessão marcada pela baixa liquidez

No radar dos participantes do mercado, a perspectiva de alívio na política de “covid zero” chinesa continuou a apoiar as ações

Na esteira da alta firme observada nas bolsas de Nova York no fim da semana passada, os mercados acionários asiáticos encerraram o pregão desta segunda-feira (26) majoritariamente em alta. A sessão foi marcada pela baixa liquidez, uma vez que parte das bolsas da Ásia e do Pacífico não operou devido ao feriado do Natal, como na Nova Zelândia, na Austrália e em Hong Kong. No radar dos participantes do mercado, a perspectiva de alívio na política de “covid zero” chinesa continuou a apoiar as ações.

Em Tóquio, o índice Nikkei encerrou o dia em alta de 0,65%, aos 26.405,87 pontos, em um movimento que fez contraste ao aumento dos rendimentos dos bônus do governo japonês (JGBs) de longo prazo.

Movimento positivo também foi visto na China, onde o índice Xangai Composto fechou em alta de 0,65%, aos 3.065,56 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto subiu 1,3%, para 1.975,93 pontos.

Boa parte do desempenho positivo das ações chinesas veio da contínua expectativa de alívio nas restrições das políticas de “covid zero”.

Já na Coreia do Sul, o índice Kospi encerrou os negócios de segunda-feira em alta de 0,15%, aos 2.317,14 pontos.