Crise entre Brasil e EUA? Biden anuncia plano de US$ 500 milhões para o Fundo Amazônia

Os recursos deverão ser aplicados em ações de transição energética, fim do desmatamento na Amazônia e em outras florestas

A Casa Branca anunciou na manhã desta quinta-feira que o presidente Joe Biden pedirá um aporte de US$ 500 milhões para o Fundo Amazônia. A informação foi divulgada poucos dias após o princípio de crise em torno de declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a guerra na Ucrânia.

Além do Fundo Amazônia, Biden deve anunciar um depósito de US$ 1 bilhão no Green Climate Fund, fundo global que apoia os países em desenvolvimento a enfrentarem os desafios relacionados ao aquecimento global.

Segundo a Casa Branca, Biden também vai “convidar outros países a juntarem-se aos Estados Unidos e a outros a acionarem os bancos multilaterais de desenvolvimento para melhor enfrentarem os desafios globais, como as mudanças climáticas”.

Os recursos deverão ser aplicados em ações de transição energética, fim do desmatamento na Amazônia e em outras florestas, avanço na captura de carbono da atmosfera e combate às emissões de metano.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico.

Leia a seguir

Leia a seguir