BCE: temos de manter ciclo de alta de juros para trazer inflação à meta, diz Lagarde

Christine Lagard, presidente do Banco Central Europeu (BCE), ainda tem "terreno a cobrir" para levar os juros a "níveis suficientemente restritivos"

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, reiterou nesta quinta-feira que a inflação na zona do euro permanece muito alta e que o BCE ainda tem “terreno a cobrir” para levar os juros a “níveis suficientemente restritivos”.

Em discurso feito na cidade alemã de Frankfurt, Lagarde disse que o BCE precisa continuar seu ciclo de aumentos de juros para trazer a inflação de volta à meta oficial de 2%, uma vez que a instituição continua insatisfeita com a perspectiva dos preços.

Segundo Lagarde, as altas de juros já estão afetando as condições de empréstimos dos bancos, mas ainda não há evidência clara de que o núcleo da inflação já tenha atingido o pico.

Lagarde fez o discurso pouco após a publicação dos últimos dados de inflação ao consumidor (CPI) da zona do euro. A taxa anual do CPI do bloco desacelerou para 6,1% em maio, ante 7% em abril, de acordo com estimativa preliminar da Eurostat, ficando abaixo da previsão de analistas.