BC chinês diz que vai prevenir e resolver riscos financeiros de forma efetiva em áreas-chave

PBoC afirmou que vai cooperar com governos locais e departamentos relevantes para resolver os riscos de modo estável e efetivo em áreas e instituições chave

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) afirmou nesta sexta-feira (26) que pretende “prevenir e resolver efetivamente riscos financeiros em áreas-chave” para a economia do país, em comunicado divulgado após reunião entre presidente do BC, Pan Gongsheng, e dirigentes do conselho monetário.

Em nota, o banco central chinês se compromete a: promover a construção de redes de segurança financeira; melhorar o monitoramento de risco para avaliar e avisar antecipadamente as instituições; melhorar mecanismos de correção de riscos financeiros com restrições mais rígidas; e dar controle total para o papel dos fundos de garantias da indústria e da estabilidade financeira.

“Vamos cooperar com governos locais e departamentos relevantes para resolver os riscos de modo estável e efetivo em áreas e instituições chave”, afirmou.

A reunião também definiu outros objetivos, como manter a estabilidade da política monetária, ampliar a abertura para mercados financeiros externos, usar diversas ferramentas para garantir liquidez ao sistema financeiro e prover suprimento de dinheiro capaz de atender as metas de crescimento econômico e de preços.

Além disso, o PBoC pretende acelerar a construção de um sistema moderno para o banco central ao melhorar a estrutura das políticas monetária e macroprudencial para atingir as metas de estabilidade financeira e do yuan.

De acordo com ele, o novo sistema de infraestrutura será “independente, controlável, seguro e eficiente”.

Com informações do Estadão Conteúdo