Argentina lança cédula de 2 mil pesos; nova nota vale cerca de R$ 42

Banco Central local espera aliviar a sobrecarga de caixas eletrônicos

A Argentina pôs em circulação na segunda-feira (22) a nova cédula de 2 mil pesos, a maior em valor nominal, em um contexto de escalada da inflação acelerada.

Pela cotação oficial, a nova nota equivalia a US$ 8,20. No paralelo, porém, o valor equivale pouco mais de US$ 4.

Em reais, a nova nota vale cerca de R$ 42,43.

Até o lançamento, a maior cédula em circulação no país era a de mil pesos e o Banco Central da República Argentina (BCRA) espera que o novo bilhete facilite transações bancárias e alivie a sobrecarga de caixas eletrônicos.

“Enquanto avançamos no processo de digitalização dos pagamentos, a nova cédula deve otimizar transferências em dinheiro e o funcionamento dos caixas automáticos”, disse o BC argentino, em um comunicado.

Os preços ao consumidor na Argentina subiram 8,4% em abril em relação ao mês anterior, com variação acumulada de 32% no ano e taxa interanual de 108,8%.

Consultores econômicos estimam inflação em torno de 126% em 2023.