‘Carro voador’: Alckmin comemora construção de fábrica da Embraer em Taubaté

De acordo com a empresa, fábrica do "carro voador" será construída dentro da unidade da Embraer em Taubaté, que será ampliada

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin, comemorou no sábado (22), nas redes sociais o anúncio da construção da primeira fábrica da Eve Air Mobility (Eve) e da Embraer para a construção de aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL), conhecidas popularmente como “carro voador”. A planta industrial ficará localizada na cidade de Taubaté (SP).

“Essa é uma demonstração de confiança em nosso País e, ao mesmo tempo, uma prova de que nossa indústria, com um ambiente de negócios favorável, vai desempenhar um grande papel na economia brasileira nos próximos anos”, disse em vídeo Alckmin, no Twitter, no qual iniciou dizendo que a semana terminou com uma ótima notícia no setor industrial brasileiro.

“O Brasil, sob a liderança do presidente Lula, está mostrando que possui vantagens competitivas que o colocam na vanguarda de setores industriais extremamente sofisticados. Inovação, descarbonização e geração de emprego de qualidade é o caminho”, emendou o ministro e vice-presidente.

A fábrica do “carro voador” será construída dentro da unidade da Embraer em Taubaté, que será ampliada. De acordo com a empresa, o local tem uma estrutura estratégica, com fácil acesso por rodovias e a proximidade de uma linha ferroviária. O lugar também fica perto da sede da Embraer, em São José dos Campos (SP), e da equipe de engenharia e recursos humanos da Eve.

“Essa decisão está alinhada ao nosso plano estratégico de crescimento baseado em inovação e sustentabilidade. Acreditamos no enorme potencial do mercado global de Mobilidade Aérea Urbana e reforçamos nosso compromisso com a Eve como uma das principais empresas desse setor”, disse o presidente e CEO da Embraer, Francisco Gomes Neto, na quarta-feira, 20, quando o anúncio foi feito.

Com informações do Estadão Conteúdo