Bradespar registra lucro líquido de R$ 1,06 bi no 3º trimestre, queda de 9,66% na comparação anual

A receita operacional da empresa, que faz a gestão da participação que o Bradesco tem na Vale, foi de R$ 1,12 bilhão, retração de 3,05%

A Bradespar (BRAP3 e BRAP4) registrou lucro líquido de R$ 1,06 bilhão no terceiro trimestre, queda de 9,66% na comparação anual. A receita operacional da empresa, que faz a gestão da participação que o Bradesco tem na Vale, foi de R$ 1,12 bilhão, retração de 3,05% sobre o mesmo período de 2021.

“Embora o período tenha sido caracterizado por uma queda nos resultados operacionais da Vale, o lucro líquido gerado situa-se entre os maiores da história da Bradespar para um terceiro trimestre, principalmente quando se considera a redução da participação no capital social da Vale”, diz a companhia.

Em dezembro de 2021, a Bradespar realizou uma operação de redução de capital em que entregou ações da Vale aos seus acionistas, reduzindo sua participação na companhia de 5,73% na mineradora para 3,59%. O resultado da companhia é originado da equivalência patrimonial e juros sobre capital próprio da Vale.

O resultado financeiro da Bradespar foi de positivo em R$ 21,4 milhões no período, decorrente de aplicações financeiras e de remuneração sobre impostos a recuperar, refletindo a continuidade na posição líquida de caixa da companhia, na medida que liquidou todo o endividamento financeiro em exercícios anteriores.