Presidente da Microsoft acusa Google de ‘estratégias injustas’ em julgamento antitruste

Satya Nadella, CEO da Microsoft, disse que que o Google consolidou seu domínio nas buscas na Internet por meio de acordos com a Apple

O Google usou táticas injustas para prejudicar o mecanismo de busca Bing, da Microsoft, disse nesta segunda-feira, 2, o presidente executivo da Microsoft, Satya Nadella, ao longo do julgamento do histórico caso antitruste dos EUA contra o Google.

Testemunhando em um tribunal em Washington, Nadella endossou a teoria do Departamento de Justiça de que o Google consolidou seu domínio nas buscas na Internet por meio de acordos com a Apple que tornaram o mecanismo de busca do Google o padrão no navegador Safári. Por causa desses acordos, “você se levanta de manhã, escova os dentes e pesquisa no Google”, disse Nadella.

O julgamento sem júri está sendo supervisionado pelo juiz distrital dos EUA, Amit Mehta, que tem o poder de desmembrar o Google ou ordenar outras mudanças nos negócios.

O caso do Departamento de Justiça forneceu uma visão das táticas que o Google usou para construir sua participação dominante no mercado de buscas.

O governo argumentou que o Google usou os acordos de distribuição com a Apple e outras companhias telefônicas para limitar a concorrência, privando os usuários de escolha.

Com informações do Estadão Conteúdo.