Mercado hoje: Ibovespa fecha em queda, mas Petrobras (PETR3; PETR4) ajuda a retomar os 118 mil pontos; dólar também cai

Petrobras vai no sentido contrário e lidera altas do Ibovespa

O mercado hoje fechou em queda, após o bom desempenho da semana passada, quando terninou em alta de 0,18%, mais discreta que em semanas anteriores, mas que garantiu nova sequência de valorizações.

O principal índice da bolsa recuou nesta segunda-feira (26), mesmo após as boas notícias vindas do boletim Focus, do Banco Central, que reduziu projeções para a inflação e aumentou para o PIB.

Projeções para IPCA e PIB

A estimativa para o IPCA neste ano caiu pela sexta semana seguida, segundo projeções de analistas do mercado. A projeção para a inflação ao fim do ano é de 5,06%, contra 5,12% projetados na semana passada.

Em paralelo, as projeções para o PIB também são mais otimistas, subindo de 2,14% para 2,18% ao final de 2023. É a sétima semana consecutiva de melhora.

Ibovespa

Ainda assim, os investidores se mostram pouco animados em relação aos ativos de risco. O Ibovespa recuou 0,62%, a 118.242 pontos, depois de ter passado parte da tarde na faixa dos 117 mil pontos.

Mesmo após o tom mais duro do que o esperado usado pelo Copom no comunicado da semana anterior, ainda há ânimo no mercado, dizem os analistas. No dia seguinte ao comunicado, o Itaú reforçou suas projeções para o Ibovespa, de alta até 131.200 pontos.

Na sexta-feira, o Ibovespa fechou com a nona alta semanal consecutiva, o que não acontecia desde agosto de 2016.  

Dólar

Já com relação ao câmbio, o dólar fechou em queda de 0,22%, a R$ 4,7672, depois de fechar a sexta-feira em alta de 0,12%, a R$ 4,7779.

Nesta segunda-feira, a moeda norte-americana operou em queda também no cenário global.

O DXY, índice que mede o desempenho do dólar em comparações com outras divisas importantes, caiu 0,21%, a 102,69 pontos.

Ações

Nesta segunda-feira, o banco DBS, de Cingapura, apresentou relatório indicando que as commodities estão no seu menor preço em dois anos, com uma queda de cerca de 30% em relação ao início da série.

Apesar disso, no que envolve minério de ferro, as ações da Vale (VALE3) conseguiram reverter as perdas registradas no começo do pregão, subindo discretos 0,21%.

Já em relação ao petróleo, as ações da 3R (RRRP3) subiram modestos 0,06%. Por outro lado, as da Prio (PRIO3) caíra 3,06%.

Petrobras lidera o Ibovespa

Ao mesmo tempo, a Petrobras avançou 1,95% (PETR3) e 2,25% (PETR4), as maiores altas do Ibovespa, ultrapassando a Raízen, (RAIZ4), que terminou o dia com valorização de 1,61%.

As ações da Petrobras sobem, impulsionadas pela alta do petróleo no mercado internacional, com o agravamento da guerra entre Rússia e Ucrânia. Os contratos futuro do petróleo Brent subira 0,46%, a US$ 74,35.

Por outro lado, na ponta inferior, destaque para a Locaweb (LWSA3), que desceu 10,01%, a pior queda do principal índice da Bolsa nesta segunda-feira.