Inter (INBR32) reverte prejuízo e lucra R$ 24,2 milhões no 1º trimestre

O lucro do banco, no entanto, desacelerou em relação ao 4º trimestre de 2022

O Banco Inter (INBR32) teve lucro líquido de R$ 24,2 milhões no primeiro trimestre deste ano, uma queda de 16% sobre o quarto trimestre do ano passado. De janeiro a março de 2022, por sua vez, havia sido registrado prejuízo de R$ 28,8 milhões.

A receita líquida somou R$ 1,024 bilhão, alta trimestral de 2,2% e anual de 22,9%. O retorno (ROE) foi de 1,4% no primeiro trimestre.

A carteira de crédito bruta alcançou R$ 25,1 bilhões, aumento de 35,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. A inadimplência acima de 90 dias subiu para 4,7%, de 4,4% no quarto trimestre e 3,5% no primeiro trimestre de 2022.

O número de clientes ativos ficou em 13,5 milhões, crescimento de 36,9% em 12 meses.

“Acreditamos que o primeiro trimestre representa a colheita de resultados lucrativos de nossa base sólida e dita o alicerce para os próximos trimestres”, diz o CEO da Inter&Co João Vitor Menin, em nota.

Ele destaca que, na área de crédito, a instituição segue focada em produtos mais rentáveis e ajustados ao risco, como FGTS e home equity.

“Continuamos reprecificando nossa carteira de longa duração, e agora também estamos reprecificando as carteiras de curta duração, como crédito a empresas.”