Petrobras (PETR4) amplia indicações políticas com troca em massa de executivos, diz jornal

Ao todo, já são pelo menos 12 substituições na alta gestão da Petrobras

A nova diretora-presidente da Petrobras (PETR4), Magda Chambriard, realizou uma troca em massa de executivos em cargos-chave da companhia nos últimos dias. Assim como ampliou indicações políticas com quadros próximos à Federação Única dos Petroleiros (FUP) e ao PT, diz a colunista Malu Gaspar, do jornal “O Globo”.

As trocas se deram principalmente entre gerentes-executivos e se concentraram na área de exploração e produção. Que administra os campos de petróleo, e na de engenharia, que contrata equipamentos e serviços. Ao todo, já são pelo menos 12 substituições na alta gestão da Petrobras.

Três das gerências que terão novos titulares agora têm assento no comitê de decisões de investimento junto com os diretores da companhia. Justamente por estarem em postos centrais para a empresa. O fato de as mudanças atingirem em cheio a área de exploração e produção está sendo visto com preocupação na estatal.

As trocas preocupam porque os executivos desligados eram vistos como tecnicamente qualificados e até cotados para assumir voos maiores no futuro, como o comando de diretorias. Pessoas próximas a Chambriard, porém, dizem que ela optou por funcionários mais experientes.

As mudanças demonstram que a nova diretora-presidente da Petrobras está empenhada em atender às cobranças do presidente, Luis Inácio Lula da Silva, e do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira.

Com informações do Valor Econômico

Leia a seguir

Leia a seguir