Ações de Arezzo (ARZZ3) e Grupo Soma (SOMA3) disparam após anúncio de possível fusão

Companhia unificada seria presidida pelo atual CEO da Arezzo Alexandre Birman

A fabricante de calçados e acessórios femininos Arezzo (ARZZ3) e a holding de marcas de vestuário Grupo Soma (SOMA3) anunciaram nesta quarta-feira (31) que estão negociando uma fusão.

Em fatos relevantes separados, as companhias confirmaram rumores de mais cedo.

“A companhia está em entendimentos com o Grupo Soma em que ambos avaliam uma possível associação que poderá envolver a unificação das bases acionárias em uma única companhia com governança compartilhada”, afirmou a Arezzo.

Birman para presidente

De acordo com os documentos, Alexandre Birman será o presidente-executivo da companhia combinada, enquanto Roberto Jatahy Gonçalves será o executivo-chefe da unidade de vestuário feminino do grupo.

“Não há, no momento, qualquer documento vinculante firmado e, portanto, não se pode confirmar que a operação de fato se realizará”, afirmou o Grupo Soma.

Os anúncios vieram após o site Neofeed ter publicado mais cedo, citando fontes, que as companhias estavam prestes a negociar acordo de fusão.

Como consequência, as ações de ambas as companhias dispararam.

A B3 chegou a suspender os negócios com ações das duas companhias, até que elas se manifestassem.

Após os comunicados, os negócios foram retomados.

SOMA3 fechou o dia com uma disparada de 16,8%. Enquanto isso, ARZZ3 teve alta de 12,1%.