Bolsas da Europa operam em alta, à espera da decisão do Fed

Outro destaque na região foi a inflação do Reino Unido, que subiu 10,4% em fevereiro, acima da alta de janeiro

Os principais índices acionários europeus operam em alta nesta quarta-feira (22), ao passo que os investidores aguardam o anúncio da decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que sai hoje à tarde. Além disso, agentes também avaliam os dados de inflação de fevereiro do Reino Unido, que vieram acima do esperado.

Por volta das 9h20, o índice Stoxx 600 subia 0,33%, a 447,93 pontos. Enquanto isso, o índice DAX, de Frankfurt, avançava 0,52%, o CAC 40, da Bolsa de Paris, registrava ganho de 0,35% e a Bolsa de Londres tinha alta de 0,18%.

Títulos

No mercado de títulos, o rendimento do papel de 10 anos da Alemanha avançava de 2,296% no fechamento anterior para 2,370%, enquanto os rendimentos dos gilts britânicos de 10 anos subiam de 3,369% para 3,486%. O yield do papel de 10 anos da Itália sobe de 4,104% para 4,207%.

Fed no radar

O foco das atenções nos mercados globais hoje é a decisão do Fed. “Aumentar ou não aumentar, essa é a questão que dominará o sentimento de risco hoje, quando o Fed se prepara para tomar uma decisão sobre as taxas na sombra de uma crise bancária”, escreve a CMC Markets UK em nota enviada a clientes.

Hoje cedo, dados do CME Group, com base nos futuros dos Fed funds, indicavam 9,2% de chance de manutenção dos juros na atual faixa de 4,5% a 4,75% e 90,8% de probabilidade de um aumento de 0,25 ponto percentual, para o intervalo entre 4,75% e 5%.

Inflação no Reino Unido

Outro destaque na região foram os dados do índice de preços ao consumidor (CPI) do Reino Unido. O indicador subiu 10,4% em fevereiro em comparação com o mesmo mês do ano anterior, acima da alta de 10,1% de janeiro.

Economistas esperavam que a inflação desacelerasse para 9,9%. Já o índice de preços ao produtor (PPI) avançou 12,1% em fevereiro, em base anual, contra um crescimento de 13,5% no mês de janeiro, ligeiramente acima do consenso de 12,4%.

Libra e Euro

Os números impulsionam os ganhos da libra esterlina e impedem que a Bolsa de Londres acompanhe o nível de ganhos visto nos outros mercados acionários europeus.

Ás 9h20, a moeda tinha alta de 0,52%, a US$ 1,2278.

Agora, as dúvidas são como o Banco da Inglaterra (BoE) irá reagir ao indicador em sua decisão de juros que acontece amanhã.

Já o euro subia 0,28% a US$ 1,0797, no horário mencionado anteriormente.

Leia a seguir

Leia a seguir