Bolsas da Ásia fecham em alta com diminuição de temores sobre crise bancária

Na China Continental, o índice Xangai composto teve alta de 0,6%, fechando em 3.255,65 pontos

Os principais índices acionários da Ásia encerraram esta terça-feira (21) em alta, recuperando parte das perdas recentes, ao passo que diminuem, entre os investidores, os temores de uma crise bancária após medidas anunciadas por bancos centrais. Agentes do mercado também se preparam para o anúncio da decisão do Federal Reserve (Fed, banco central americano), que acontece amanhã.

Na China Continental, o índice Xangai composto teve alta de 0,6%, fechando em 3.255,65 pontos. O índice de preços ChiNext, de tecnologia, teve o melhor desempenho, subindo 2,0%, para 2.337,26. Os setores de bens de consumo e serviços, incluindo provedores de saúde, empresas de comércio eletrônico e empresas de educação, lideraram os ganhos.

Já o índice de referência da Coreia do Sul, o Kospi, subiu 0,4% para 2388,35 pontos. As ações de construção naval e jogos lideraram os avanços. Os ganhos de Wall Street no overnight também deram suporte ao sentimento dos investidores, embora a cautela antes da decisão do Fed tenha limitado o clima otimista. A desenvolvedora de videogames Netmarble subiu 6,3% depois de receber uma nova licença de publicação na China. A Samsung Electronics fechou em alta de 0,2%.

Por sua vez, o índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 1,4%, encerrando em 19258,76 pontos. “As bolsas asiáticas estão simplesmente assumindo a liderança de Wall Street, mesmo que as preocupações com o contágio não estejam totalmente removidas”, disse Matt Simpson, analista de mercado da City Index e Forex.com, em nota. A Anta Sports Products liderou os ganhos, subindo 9,2%. O índice Hang Seng Tech fechou com alta de 2,45%, em 3.965,17.

Leia a seguir

Leia a seguir