Americanas (AMER3) encerra setembro com caixa disponível final de R$ 1,195 bilhão

Varejista em recuperação judicial perdeu clientes e fechou mais lojas no mês

A Americanas (AMER3), em recuperação judicial, encerrou o mês de setembro com caixa disponível final R$ 1,195 bilhão, 23% menor que o registrado no mês anterior, de R$ 1,552 bilhão. As informações constam do relatório de atividades mensais da companhia divulgado pelos administradores judiciais.

Segundo o documento, a dívida da empresa em setembro era de R$ 20,657 bilhões. Na moeda norte-americana, a dívida era de US$ 1,068 bilhão.

Os dados não incluem o endividamento bancário associado ao risco sacado.

O prazo médio dos produtos em estoque foi de 127 dias em setembro, o que representa um aumento ante os 123 dias registrado no mês anterior. O prazo de recebimento de clientes atingiu 37 dias em setembro, pouco abaixo, portanto, dos 38 dias registrado em agosto.

O total investido pelo Grupo Americanas em setembro de 2023 foi de R$ 24,948 milhões, bem acima dos R$ 9,618 milhões investidos em agosto.

Em setembro, o canal digital não recebeu investimentos.

O documento informa ainda que a Americanas encerrou setembro com 1779 lojas, ante 1.794 lojas em funcionamento ao final de agosto. O número de clientes ativos era de 42.382.159 ao final de setembro, 1,1% menor que o número de clientes mantidos ao final de agosto.

Com informações do Estadão Conteúdo