WEG e Embraer contrariam otimismo e fecham entre as piores ações do Ibovespa

Ações em alta: veja as dez maiores altas do Ibovespa hoje e também as cinco maiores quedas; saiba os motivos de algumas oscilações

A lista de ações em alta do Ibovespa hoje tem altas robustas, de até 12%. Além disso, o top 10 teve ações com altas de 3,5% a 6%, com destaque para empresas relacionadas às atividades de comércio e varejo.

Assim, a alta foi quase generalizada dentro da composição do Ibovespa, que subiu novamente, fechando em 122,6 mil pontos.  O sentimento positivo do investidor com relação aos ativos de risco se fortalece desde a semana passada, com o mercado já tendo precificado juros mais altos ao final de 2024.

Por outro lado, a Embraer, uma das sensações da bolsa este ano, teve forte queda e fechou como a empresa que mais perdeu valor na bolsa nesta segunda-feira (24). Da mesma maneira, a WEG se mostrou uma surpresa negativa e ajudou a reduzir os ganhos na bolsa de valores hoje.

Magazine Luiza e Multiplan em destaque

Assim, destaque para as ações do Magazine Luiza, que subiram “após a divulgação de uma parceria da companhia com a AliExpress. Segundo o CEO Frederico Trajano, a parceria deve estar no ar já no terceiro trimestre deste ano”, destaca Alexsandro Nishimura, economista e sócio da Nomos.

Outro destaque no setor foi a Multiplan, rede de shoppings. Os papéis da empresa “subiram após a empresa anunciar um novo programa de recompra, pois indica o foco da empresa na geração de valor aos acionistas, por meio da utilização da sua geração de caixa para investir na robustez de seus ativos existentes”, complementa Nishimura.

Ações em alta e os maiores ganhos no IBOV hoje

EmpresaAtivoÚltima cotação (R$)Variação no fechamento (%)
Magazine LuizaMGLU312,1612,28
HapvidaHAPV33,895,99
MRVMRVE36,995,43
VamosVAMO37,834,4
SabespSBSP377,934,11
VivaraVIVA321,253,91
AlpargatasALPA49,193,84
MultiplanMULT323,053,83
CVCCVCB31,973,68
AzulAZUL47,953,52

Piores quedas do dia

Contudo, o dia também teve surpresas negativas. A WEG, que valorizou 11% ao longo de 2024 até aqui, registrou queda de meio por cento. A WEG começou o dia experimentando movimento de alta, mas caiu bruscamente e fechou o pregão perto da mínima, que foi de R$ 40,64. Aparentemente, houve alguma realização de lucro após o Santander melhorar a recomendação para a empresa na semana passada.

De maneira parecida, a Embraer parecia surfar a onda do Ibovespa no começo do pregão, ao subir a R$ 38,50. Mas, no final do dia, bateu mínima de R$ 37,48, patamar no qual encerrou a sessão.

Nem o destaque do Goldman Sachs para o aumento das vendas no segmento de defesa da companhia animaram os investidores nesta segunda.

EmpresaAtivoÚltima cotação (R$)Variação no fechamento (%)
EmbraerEMBR337,48-1,03
CCRCCRO311,95-0,67
WEGWEGE340,87-0,51
RaízenRAIZ42,88-0,35
CieloCIEL35,62-0,35

Em suma, as ações mencionadas são apenas as que compõem o Ibovespa. Além disso, as cotações foram obtidas entre as 18h e as 18h10.