Ações da Suzano (SUZB3) se descolam de fundamentos com rumores sobre International Paper, diz BTG

Banco tem recomendação de compra para a empresa de papel e celulose, com preço-alvo em R$ 82

A ações da Suzano (SUZB3) estão significativamente descontadas desde o início dos rumores sobre a aquisição da International Paper. E se descolaram dos fundamentos ainda positivos da companhia e do setor de celulose, diz o BTG Pactual.

Os analistas Leonardo Correa e Caio Greiner escrevem que somente quando a empresa detalhar a possível aquisição da International Paper, incluindo sinergias e cronograma de desalavancagem, investidores devem voltar a olhar as ações.

“Considerando que essa seria uma operação complexa, as ações hoje precificam uma chance grande dela acontecer, maior do que é na realidade”, comentam. Eles notam que a International Paper primeiro teria que resolver sua própria aquisição da DS Smith.

O bom histórico da diretoria da Suzano em alocação de capital e o desconto excessivo das ações atualmente justificam a manutenção da recomendação de compra mesmo com os riscos inerentes da operação.

O BTG Pactual tem recomendação de compra para as ações da Suzano, com preço-alvo em R$ 82. Nesta quinta-feira, os papéis subiam acima de 3%, cotadas na faixa de R$ 48,30.

Com informações do Valor Econômico