Quanto custa ir ao Rock in Rio 2024? Veja quanto se gasta com passagem, hospedagem, alimentação e ingresso

Conta pode ficar bem salgada, quanto mais você esperar para definir gastos como transporte e hospedagem

A edição de 2024 do Rock in Rio é um dos principais eventos do calendário de shows internacionais no Brasil neste ano. Afinal, o festival já confirmou nomes do porte de Ed Sheeran e Imagine Dragons e ainda tem espaços a completar na lista de atrações do Rock in Rio. Mas e o bolso, como fica? Quais são os gastos para o Rock in Rio, contando ingresso, passagem, alimentação e tudo mais?

Para te ajudar a se preparar, a Inteligência Financeira contou com a ajuda do planejador financeiro Marlon Glaciano, que estimou os principais gastos para o Rock in Rio. Ele reforça a importância de se preparar com atenção para evitar que o sonho do festival se torne uma dor de cabeça financeira.

“É importante ter clareza de sua capacidade financeira projetando todos os custos envolvidos na viagem”, afirma. “Um dos pontos mais importantes e desafiadores sem dúvidas é o custo diário de gastos. Estime um valor dentro das suas necessidades e realidade e foque em segui-lo diariamente e observando bem”, completa.

Quanto se gasta para ir ao Rock in Rio 2024?

O valor final vai depender de suas escolhas, incluindo a cidade de origem e as preferências de hospedagem no Rio, mas é possível fazer algumas estimativas. Vale lembrar também que o festival tem sete datas e os custos vão variar quanto mais dias você quiser assistir. O ingresso, por exemplo, é diário.

Vamos pensar em uma pessoa que saia de São Paulo e vá ao Rio de Janeiro assistir a um dia de festival. Considerando todas as alternativas mais baratas é possível pensar em gastar a partir de R$ 1.300 no pacote completo. Mas essa conta pode passar fácil de R$ 2.100 nas alternativas mais convencionais e beirar os R$ 3.000, para um dia, nas mais caras.

Gastos para o Rock in Rio 2024

  • Ingresso: a inteira está em R$ 755 e a meia-entrada em R$ 377,50, sem taxa de serviço. As vendas dos ingressos para o Rock in Rio 2024 vão ser reabertas em 11 de abril.
  • Hospedagem: para quem procura hotéis no Rio de Janeiro para o Rock in Rio vai se deparar com diárias que vão de R$ 750 a R$ 2000. Isso considerando as regiões de mais fácil acesso ao festival, a Zona Sul e a Barra da Tijuca. Em plataformas como Booking e Airbnb é possível encontrar alternativas mais baratas, a partir de R$ 300 por dia.
  • Avião: passagens partindo de São Paulo, ida e volta em classe econômica, estão saindo por volta de R$ 466. Por outro lado, a partir de Brasília, esse valor já sobe para algo entre R$ 820 e R$ 916.
  • Alimentação: O especialista calcula uma média de R$ 50 a R$ 66 por refeição, com três refeições diárias. Portanto, custo diário com comida que vai de R$ 150 a R$ 200.

A conta mais barata considerou uma meia estudante (R$ 377,50), que saia de São Paulo (R$ 466), se hospede em um Airbnb (R$ 300) e tenha um gasto mínimo com alimentação (R$ 150). Portanto, R$ 1.293,50 no total.

Já a conta média considera uma pessoa que compra a entrada normal (R$ 755), que saia de São Paulo (R$ 466), se hospede em um hotel (R$ 750) e tenha um gasto bom com alimentação (R$ 200). Logo, R$ 2.171 em gastos para o Rock in Rio.

Por fim, a conta um pouco mais salgada está computando a entrada normal (R$ 755), uma viagem a partir de São Paulo (R$ 466), a hospedagem em um hotel de alto padrão (R$ 2000) e um bom gasto com alimentação. De tal maneira, um gasto de R$ 3.421.

Como economizar nos gastos para o Rock in Rio

O planejador Marlon Glaciano traz algumas dicas para economizar nos gastos para o Rock in Rio. A primeira delas é antecipar tanto quanto possível os gastos com o transporte, para quem é de fora do Rio de Janeiro.

“Garanta imediatamente tanto a passagem aérea/terrestre e a hospedagem, pois, com a alta demanda do evento, além de muitas opções esgotarem rápido, as mesmas também ficarão mais caras conforme mais próxima a data do evento estiver”, diz ele.

A hospedagem, por sinal, é uma das frentes onde há maior possibilidade de economizar, avalia. “Se você não necessita de uma hospedagem de luxo ou hotel, dê preferência pela locação de um apto nas plataformas mais conhecidas e confiáveis economizando bastante na maioria dos casos”, afirma.

Como se planejar financeiramente para o festival

Para quem quer conferir ao vivo as atrações do Rock in Rio 2024, o especialista recomenda um planejamento financeiro prévio para o festival não se tornar uma dor de cabeça. Dessa maneira, já ir guardando o dinheiro que vai gastar é uma boa estratégia para diluir os custos na hora H.

“Se organize financeiramente já acumulando o valor que você utilizará por dia de espetáculo já considerando deslocamento, bebida, alimentação e demais produtos que desejar adquirir”, recomenda Marlon Glaciano.

Esse gasto por dia, principalmente para quem vai em mais dias, será importante para você não se perder com a quantidade de ofertas no festival. “Defina um valor diário de gastos descartando gastos necessários, pois é muito comum ser envolvido pela energia do evento dentro das milhares de possibilidades de comidas, bebidas e presentes disponíveis”, diz.

Marlon também lembra que quem é de fora pode aproveitar a ida para conhecer a Cidade Maravilhosa. “Observe também se você deseja aprovietar a viagem para as demais atrações turísticas. Será importante listar todos os seus desejos e os respectivos valores, tendo assim uma projeção de custo”, afirma.

Atrações do Rock in Rio 2024

Até agora o Rock in Rio 2024 já anunciou 10 atrações que vão se apresentar. Por exemplo, dentre os nomes internacionais, destaque para o cantor Ed Sheeran e a banda Imagine Dragons. O festival também anunciou um dia com o line-up 100% feminino, o Dia Delas, liderado por Katy Perry. Veja os nomes anunciados:

  • Ed Sheeran
  • Katy Perry
  • Imagine Dragons
  • Ne-yo
  • Joss Stone
  • Ivete Sangalo
  • Ludmilla
  • Lulu Santos
  • Jão
  • Gloria Groove
  • Os Paralamas do Sucesso