Attenzione pickpocket! O que uma trend pode te ensinar sobre dinheiro em viagens

Entenda por que o caso acendeu um alerta sobre os batedores de carteira e saiba como se proteger como turista

Attenzione pickpocket! Se você navegou pelas redes sociais nos últimos dias, pode ter se deparado com essa expressão. O que começou como um perfil para expor roubos que acontecem na Europa, se tornou uma trend que viralizou e rendeu muitos memes, mas acendeu um alerta importante sobre os batedores de carteira.

Segundo a revista estadunidense NewsWeek, a voz por trás dos vídeos é de uma moradora de Veneza e membro do grupo de voluntários Cittadini Non Distratti, ou “Cidadãos não distraídos”. Mônica, de 57 anos, começou a expor supostos batedores de carteira nas redes sociais, gritando a frase viralizada que significa “Atenção, batedores de carteira!”. 

Em entrevista ao veículo, ela afirmou que os criminosos furtam passaportes, dinheiro e objetos pessoais valiosos sem que o turista perceba. “Isso gera despesas grandes adicionais para quem é furtado, por isso é melhor prevenir esse tipo de situação alertando os turistas sobre o problema”, ressaltou. Só no TikTok o perfil com os vídeos acumula mais de 380 mil seguidores e 11 milhões de curtidas.

O mesmo pode acontecer com você 

Os batedores de carteira estão presentes no mundo todo, mas principalmente em grandes cidades e pontos turísticos. Quando se fala deles, um só segundo pode fazer muita diferença em uma viagem e no seu bolso, rendendo uma grande dor de cabeça.  

“Viagem é sinônimo de distração. Afinal, é difícil estar frente a frente com pontos turísticos que você sonhou a vida inteira em conhecer e não se sentir atraído a ponto de esquecer movimentos ao redor. É exatamente essa distração que pode levar o sonho a se tornar pesadelo”, ressalta a consultora financeira Ana Calixto.  

Attenzione pickpocket: como se proteger? 

Algumas dicas são básicas, como evitar lugares com aglomeração de pessoas e redobrar a atenção com bolsas e mochilas. 

“A dica primordial é não levar nada além do essencial nos passeios. Além disso, dê preferência ao uso de um único cartão. Caso ainda assim prefira o uso do dinheiro, ande somente com o necessário para aquele dia de viagem, o restante mantenha guardado no hotel”, aconselha Ana. 

Segundo a consultora, o ideal é usar roupas e acessórios que dificultem os furtos. “Alguns exemplos são vestes com bolsos internos e acessórios que fiquem próximos ao corpo, como bolsa transversal ou com dupla proteção (zíper e botão). Nos restaurantes, nunca deixe os pertences pendurados na cadeira ou celulares em cima da mesa”. 

A importância da reserva de emergência 

Mesmo tomando todos os cuidados, incidentes podem acontecer. É aí que entra a importância de ter uma reserva financeira.

“Imagina estar em meio a uma viagem com o dinheiro contado e ter seus pertences furtados. É bastante provável que a apreensão financeira, ao passar das horas, tome proporções maiores que o próprio furto, prejudicando a viagem dali em diante”, ressalta Ana.

Neste caso, destaca a consultora, a viagem custará muito mais, já que dependerá de cheque especial ou outras modalidades de crédito para continuar acontecendo.

A reserva de emergência, portanto, ajuda a lidar com esse tipo de situação inesperada. “Com ela o viajante pode desfrutar com mais tranquilidade do roteiro, pelo menos do ponto de vista financeiro. O dinheiro desse investimento é justamente para pagar contas em caso de imprevistos, seja em casa ou em viagens”, ressalta a consultora.